VISÃO  |   Autotransformação e despertar da consciência.

MISSÃO  |   Facilitar a vida prática de forma rápida, objetiva e reconectiva.

IDENTIDADE  |   Desenvolver as capacidades físicas e ampliar o condicionamento físico geral.

VALORES  |   Treinar o corpo e a mente em apenas 39 minutos e nunca repetir um treino. Nunca!

CAPACIDADES  |   Formular objetivos individuais, respeitar a hierarquia psicofísica e confiar na competência.

COMPORTAMENTO  |   Acionar mecanismos de estabilização ativa e analisar as síndromes de dominância de movimentos.

AMBIENTE  |   Ferramentas do treinamento Russo, Alemão e Indiano, sob uma nova abordagem de aplicação dessas técnicas.

__________________________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PHILOS

Pirâmide de nível lógico Fitzen elaborada por meio da linguagem neurológica  aplicada  ao  treinamento  físico e mental!

 

JUGAAD

Dez anos de pequisa… Inspirado no calendário Maya, na tabela gestacional e na pirâmide de nível lógico! Assim uma sessão de Fitzen realizada hoje só repetirá daqui há 9 anos! Os praticantes chamam de arte. Nós chamamos de planejamento!

 

6key-001

6key

Cada detalhe é pensado e elaborado para que a experiência do praticante seja única! Nosso foco é na excelência, e para que tudo seja saia do como planejado, cada minuto conta. Seguimos a risca a Lei de Pareto, cujo princípio diz que 80% dos seus resultados são conseguidos com apenas 20% dos seus esforços! E apenas saber disso não adianta nada! Tem que fazer!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ROX

Uma das sete pirâmides do treinamento Fitzen é o conceito ROX. Desenvolvido para um algoritmo sistematizado de alta produtividade menos é mais (SAPMEM). A ROX é um conceito de resolução de problemas e otimização de resultados no qual o praticante leva os ensinamentos para o dia a dia, vivenciando o método integral e implantando excelência também em todos os aspectos de sua vida!

kanpatha fitzen

KANPATHA

Obra detalhada de toda a história da metodologia Fitzen.

Retrata o Vão, local da geração de conteúdo e a esfinge de Fitzen – cabeça de vaca roxa (o diferenciado), rabo de serpente (vitalidade e despertar da consciência), asa de águia (destreza e sabedoria) e o corpo de leão (autoridade). Também é possível perceber na obra a constelação de Órion, o homem vitruviano de Leonardo da Vinci com os 10 fundamentos da metodologia, o stump e todas as pirâmides, cifras e símbologias do Fitzen.

 

 

ÔNFALO

Ônfalo é uma palavra de origem grega que significa umbigo. O umbigo é o símbolo do centro a partir do qual se dá a criação de tudo e está presente em diversas culturas. O Ônfalo de Fitzen é uma pedra trabalhada na construção da metodologia e representa os símbolos dos 43 microciclos. Foi desenvolvido dentro de uma plataforma de periodização muito bem elaborada e aprofundada em diversas culturas de treinamento físico e mental.

______________________________________________________________________________________

 

Para saber mais… O Princípio Psicofísico de Greene et.al (1970) é baseado numa vasta literatura sobre expressão corporal e linguagem do corpo.

“Princípio Psicofisiológico: Cada modificação no estado fisiológico é acompanhada por uma mudança apropriada no estado mental-emocional; e reciprocamente cada mudança no estado mental-emocional é acompanhada por uma mudança apropriada no estado fisiológico.” (WEIL E TOMPAKOW, 1986)

Freud, desesperançado de achar conexões sistêmicas entre o consciente e o sistema nervoso, confessou que lhe era desconhecido o que havia entre o “cérebro, cena de ação e órgão corporal” da vida mental e seus substratos fisiológicos. Por isso, a prática psicanalítica concentra-se principalmente nas relações intrapsíquicas. Nessa busca literária, Marcelo Junqueira percebe que diversos autores se baseiam nas teorias do médico vienense e colaborador de Freud, Wilhelm Reich (1897-1957) considerado pai da Psicoterapia Corporal e nas teorias do psicoterapeuta americano Alexander Lowen que desenvolveu a Análise Bioenergética. A Análise bioenergética investiga a influência que o corpo exerce sobre a vida emocional e vice-versa e a contenção da respiração como uma fonte de controle sobre o metabolismo orgânico e, consequentemente, sobre a sensação e a expressão das emoções (VOLPI e VOLPI, 2003), sendo assim, os processos energéticos do corpo determinam o que acontece na mente, da mesma forma que determinam o que acontece no corpo (LOWEN, 1982). hipocratesDesde a época de Hipócrates acreditava-se que a mente e o corpo influenciavam-se mutuamente (VOLPI, 2005). Siviero (2003) afirma que alguns estados emocionais como medo, a tristeza, as decepções são fortes motivos para que o corpo se retraia, gerando um distúrbio emocional e consequentemente uma tensão corporal, alteração no ritmo respiratório e na postura. Segundo Smith, Weiss e Lehnkuhl, (1997) toda tensão não modifica apenas o estado corporal como também o comportamento e a consciência social. Mente e corpo são permeáveis às impressões físicas, cognitivas e psicológicas e interagem entre si, sendo regidos principalmente por leis energéticas e neuropsicofisiológicas e não somente um agrupamento de órgãos, músculos e ossos, regidos por leis da mecânica, da termodinâmica ou outra qualquer (VOLPI, 2005). Dentro dessa abordagem de relação estreita mente-corpo, praticar exercícios psicofísicos aumenta a oferta de sangue na área do cérebro relacionada ao músculo envolvido. Com o acionamento de mais músculos, mais e mais áreas são afetadas diretamente, aumentando o suprimento sanguíneo principalmente na área relacionada à manutenção vital desse músculo, alterando seu comportamento físico e emocional, e vice-versa.   Texto extraído da apostila teórica Fitzen: A necessidade faz a criação – Consciência corporal; princípio psicofísico; psicoterapia corporal e bioenergética. (HONÓRIO, 2006)

 

Todos os direitos reservados. All rights reserved. Copyright © 2004 – 2015 Fitzen